É, rapaziada!!! Não é brincadeira ou muito menos trote: MV Bill no Faustão neste Domingo.
Estou ansioso para ver como o rapper "Mensageiro da Verdade" vai se portar diante do Falastrão Silva. Mas, antes de começarem a acusar o cara de vendido, é bom saber que seu contato com a Globo não será o primeiro: há um documentário produzido para o Fantástico que ainda não foi exibido e o rapper já foi ao Altas Horas do Serginho Groisman. Quem ligou a tevê á tarde viu que a Globo preparou o final de semana do Hip-Hop, com Gabriel o Pensador e Marcelo D2 no Huck e Bill no Fausto amanhã. Títeres de um movimento sem líderes. Espero que Mv mande bem, pelo menos.

Fiquem sabendo, não vejo novela, não ouço rádio e domingo é dia de pôr em dia as campanhas dos jogos, trocar idéias ou ler um livro. Não estou tirando onda, apenas não tenho mais saco de bater boca sozinho com o Jornal Nacional disparando bobagens e mascarando interesses. Será que ninguém percebeu a campanha da Globo contra as reservas indígenas??? E a campanha para alinhar Lula ao MST e dar a impressão de que está tudo uma zona??? (Não que não esteja uma zona, sempre foi uma zona) A abordagem do Jornal da Globo sempre é diferente e a da mídia impressa vc pode controlar, não são para a massa. O perigoso JN se transformou no referencial de informação do povo brasileiro, de fácil digestão e com formato superficial. É sempre o fato pelo fato, sem pronunciamento oficial, sem errata ou segunda versão. O Jabor ainda brilha algumas vezes. Se vc duvida, devia ver o quanto o papo da Rocinha ecoou em Santa Catarina. Um país continental voltado para as pequenas verdades das grandes cidades do Brasil.

Mas, discutir televisão é um saco. Tão chato quanto assisti-la. Os profissionais que estão por aí buscam apenas imitar o que outros fizeram : Luciano Chacrinha Huck, Vera Galisteu Gimenez Camargo, Márcia Geraldo Mallandro, Jô Letherman Soares e por aí vai. Não vou nem falar dos programas da Endemol (Ent du mal), BBB e Casa dos Autistas. De original mesmo, só os evangélicos.

No intervalo do filme de Bruce Lee contra Chuck Norris (legal pacas) pude constatar que os caras têm a manha de enganar o povo. Eles utilizam uma mistura de discurso de macumbeiros com frases soltas do Velho Testamento embalados em camisas com gravata. Não sei se é porque trabalho em banco mas, quando os engravatados aparecem, apenas os que têm o hábito de focalizar os olhos das pessoas, sem ver as expressões faciais, podem ser levados à loucura de financiar uma viagem a Israel, comprar um óleo feito em Nova Iguaçu às toneladas como se fosse consagrado, colocar preces embaixo de um trono fajuto, et coetera, etc, etc... Os malucos estão sempre segurando o riso, especialmente quando perguntam entre si coisas relacionadas ao golpe aplicado. Cadê a polícia??? O Código Penal prevê pena para estelionato... Cadê o governo que eu sonhava ??? Nem vou falar do homem do Carnê abençoado (não é o Sílvio, é outro pastor caça níqueis).

Religião tb é um saco discutir. Como agnóstico convicto e místico do Nono grau da Ordem dos Vagabundos Sagrados, só aceito discutir com as religiões antigas, anteriores à invenção da imprensa.

É isso aí, demorei para postar porque o pessoal estava com saudade de visitar minha casa.
Fui.

Postagens mais visitadas