Desfile oficial

Invenção humana ocidental
O Estado e a República Federativa
Desfilam diante dos eternos índios

O enredo é  Legitimidade e Democracia
Papo de grego que nem inglês vê
Mas o júri jura competência.

Bandeira verde-desbotado enlameada
Nesse faz-de-conta em que o ouro é amarelo
O quesito fantasia sempre nos tira pontos

Belos nomes para cargos inúteis na ala de frente 
Alguns prédios alegóricos para guardar papéis
Uma força policial maquiavélica na dispersão
   
A vergonha na cara perdeu pontos
A falta de ética vai ganhar mais uma vez
no País do Carnaval


Postagens mais visitadas

...