Uma Noite na Taverna

21 abril 2006



Que lindo é pensar que apenas duas dúzias de deputados (quase chamei de pessoas) possam decidir os destinos das votações no Congresso.

Que bom ver a preocupação em dar mais transparência às concorrências públicas.

Que bom que Lula fez dar certo tudo que seus antecessores começaram e, desse modo, possa ficar com toda glória.

Que democracia linda essa, onde analfabetos votam em deputados semi-analfabetos que vão deixar seus filhos mais analfabetos.

Que coisa bonita é ver a ética dos deputados em deixar a punição a cargo do Judiciário absolvendo seus colegas em votação secreta.

Vamos cantar com Tim Maia: " ... Que beleza!!!"