Nada

Que me meça
Que me impeça
Que faça média
Que minta
Que me aborreça
Que me emburreça
Que não me abrace
Que não me ame
Que não me mame
Que me anoiteça

Não quero
Nada

Que não delírio
Que me arremeta
Que tal cometa?
Que tal colírio?
Que chuva morna
Que sol nascendo
Que leite grosso
Que não o gozo
Que me aconteça
Que tão sublime

Não quero nada que não

Postagens mais visitadas

...